Moto G7 Plus: será que vale a pena?

Adquirir um novo smartphone é algo que merece pesquisa, não é mesmo? Então, você veio ao lugar certo. Neste texto, falamos sobre o Moto G7 Plus. Procurando por um bom celular intermediário? Então, é hora de conhecer o Moto G7 Plus. O aparelho se destaca por suas câmeras e tela, e pode ser o ideal para você.

Outros destaques da opção são o seu belo visual, capacidade gráfica e processador. Acompanhe o texto e descubra se o dispositivo é o melhor para você! Sem dúvida, um dos principais destaques do Moto G7 Plus é o seu aproveitamento frontal. Diferente de muitos outros Motorolas de tela grande, o smartphone ocupa 81,4% da parte da frente do telefone. Isso permitiu ao aparelho ser de um tamanho menor e mais confortável durante o uso, mas com uma tela tão grande quanto em outros dispositivos. Para se ter uma ideia, muitos outros modelos possuem o mesmo tamanho de tela, mas ocupam, mais ou menos, 70% da frente do celular. Nestes casos, o resultado são aparelhos maiores e que não cabem no bolso, já que é necessário garantir o número de polegadas indicada. A tela IPS LCD do Moto G7 Plus possui 6,24 polegadas. Sua qualidade é Full HD+, o que garante 1080 x 2270 pixels no display. Os pixels são pequenos pontos que, juntos, formam uma imagem. Quanto maior a densidade de pixels em uma tela, maior a sua qualidade de visualização. Neste modelo, a densidade de pontos fica em 405ppi. A medida não é incrível, mas suficiente para garantir uma imagem nítida e confortável aos olhos, mesmo que o usuário visualize a tela bem de perto.

Para garantir uma visualização mais confortável, o usuário do G7 Plus pode contar com o brilho e o tom da tela, mais azulado. O visual azulado do display diminui o incômodo aos olhos, muito comum em dispositivos de luz mais amarela. Já o brilho mínimo do painel é bastante baixo, mas permite a visualização perfeita do que está na tela. Como resultado, o consumidor obtém conforto para utilizar o smartphone em ambientes escuros. Quando o brilho do aparelho é muito alto, é comum que o usuário perceba efeitos como a ardência dos olhos ou o cansaço mais rápido. Em contrapartida, o brilho máximo ajustável não é tão potente assim. Porém, é possível obter resultados muito bons deixando ao brilho como autoajustável. O aparelho consegue perceber facilmente a luminosidade do espaço e garantir esse ajuste. Nessas situações, torna-se possível visualizar a tela mesmo sob intensa luz, como acontece sob o sol. O ângulo de visão do aparelho também é amplo, permitindo a boa visualização das cores e informações em qualquer situação.

Moto G7 Plus

As câmeras do celular G7 Plus entregam ótimos resultados. São três: duas traseiras, e uma frontal. A primeira traseira possui resolução de 16 MP, e a segunda oferece ao usuário 5 MP. Atuando em conjunto, os capturadores conseguem fotos de profundidade e, quando o usuário deseja, de fundo desfocado e destacando o objeto em primeiro plano. Enquanto isso, a câmera frontal possui capacidade de nada menos do que 12 MP. A sua qualidade é imensa, especialmente comparando com a resolução de outros dispositivos intermediários. Apesar de todas essas resoluções, porém, as imagens capturadas não são as melhores quando há superexposição das câmeras à luz. Assim, vale sempre a pena realizar alguns ajustes de captura e evitar a luminosidade direta no objeto capturado. Já as filmagens ganharam um aliado no Moto G7 Plus: a estabilização de imagem. Com o recurso, o usuário consegue realizar vídeos menos tremidas.

Para os usuários que já possuem um Moto G7 Plus, o volume de áudio do aparelho não é o ideal. Na verdade, o recurso se mantém dentro do padrão de dispositivos intermediários. Não decepciona, mas também não surpreende. Em locais com barulho, o volume do dispositivo pode não ser o suficiente para o uso no alto-falante. De qualquer forma, os elogios à tela e às câmeras do dispositivo são muitos. Inclusive para os usuários que gostam de tirar selfies.

Moto G7 Plus- Ficha técnica

O smartphone Moto G7 Plus possui um processador chipset Snapdragon 636 Qualcomm SDM636, com velocidade de 1,8 GHz. Seu sistema é o Android Pie, que possui bons recursos, e sua memória RAM é de 4 GB. Já a sua memória interna é de 64 GB, podendo ser expandida a até 512 GB por um micro SD. É graças a todas essas características que jogos rodam com boa fluidez no aparelho. O ideal é utilizar os mais leves, mas games mais pesados também podem ser utilizados. Esses últimos costumam sofrer leve perda gráfica, mas nada que atrapalhe muito a experiência do usuário. Outra caraterística interessante do modelo é a sua capacidade da bateria, de 3.000 mAh. A medida é pequena, especialmente se comparada a outros aparelhos intermediários. Ainda assim, ela garante um dia inteiro de uso moderado, sendo necessário o carregamento do dispositivo apenas à noite. Porém, quem utiliza o celular para mais do que redes sociais e ações básicas no dia a dia, pode ter que carregá-lo durante a tarde, mais ou menos.

Moto G7 Plus- Preço

Um Moto G7 Plus pode ser adquirido no mercado em tornos dos R$2 mil. Bom intermediário, ele é uma ótima opção para usuários mais moderados e que são fãs da Motorola. Ainda assim, vale a pena pesquisar por outros aparelhos antes de tomar a sua decisão. Afinal, existem vários outros no mercado, por preço semelhante e um pouco mais de bateria.