Galaxy J8 Plus: um smartphone de ótimo desempenho

Pensando em adquirir um novo celular? Então, é hora de conhecer o Galaxy J8 Plus e avaliar suas vantagens e desvantagens.

Celulares Galaxy J8 Plus possuem vários atrativos, mas também características nem tão interessantes assim. Seus recursos são quase “balanceadas”: ao mesmo tempo em que suas câmeras possuem boa resolução, elas não agradam tanto em ambientes escuros. O mesmo acontece, por exemplo, em relação à tela do aparelho e ao seu desempenho. Por isso, é interessante pesar os prós e contras do dispositivo. Apenas assim você terá a certeza de que ele é o mais indicado ao seu caso. Quer saber se o J8 é o melhor para você? Então, acompanhe o texto e descubra tudo o que você precisa sobre o dispositivo!

Um dos primeiros destaques do Galaxy J8 Plus é a sua tela. O painel do dispositivo é do tipo chamado display infinito, que permite uma visualização mais ampla e “esticada” da tela. É por isso que o seu formato tem a proporção de 18,5:9 e bordas pequenas. A tela ocupa 74% da frente do aparelho, porcentagem que poderia ser um pouco maior, já que assim o celular poderia ser menor. Ainda assim, suas medidas não chegam a incomodar. São 159,2 mm de altura, 75,7 mm de largura e 8,2 mm de espessura.

Galaxy J8 Plus

O peso do aparelho fica em 177 gramas. É fácil colocá-lo no bolso e manuseá-lo, mesmo que com apenas uma mão. Porém, após muitos minutos contínuos de utilização, o usuário pode se incomodar um pouco. Nada que atrapalhe a experiência, mas que precisa ser ressaltado. Já a qualidade da tela do dispositivo deixa, sim, um pouco a desejar. Não porque ela seja ruim, mas porque é comum esperarmos pouco mais de resolução de uma tela de 6 polegadas. Apesar de ampla, a tela possui “apenas” 1480×720 pixels. A medida torna a distribuição dos pixels do display um pouco difusa, pouco concentrada. Os pixels são pequenos pontos que, juntos, formam uma imagem. Quanto maior o número de pixels em uma tela, melhor a sua resolução.

Outro ponto em que o Galaxy J8 Plus desagrada é a composição do seu corpo. Seu design é todo em plástico, muito diferente do metal ou vidro comum em outros dispositivos intermediários. O plástico costuma se sair melhor em pequenas quedas, principalmente se comparado ao vidro dos celulares. Porém, ele é bem mais leve do que o metal. Por isso, é mais facilmente danificado após grandes impactos. Além disso, o material mais simples elimina um pouco da elegância comum em dispositivos da linha J da Samsung. Voltando à tela do aparelho, é preciso dizer que ela se sai bastante bem com seus níveis de brilho. O brilho mínimo garante conforto aos olhos em ambientes escuros, e o brilho máximo é suficiente para a visualizar a tela sob a luminosidade do sol. A luminosidade do sol costuma dificultar bastante o uso do display quando o smartphone não possui brilho suficiente. Agora, o alto-falante do dispositivo: suficiente, mas não alto. Em ambientes com barulho, é difícil ouvir o som baixo do dispositivo. Ainda assim, a saída do áudio é interessante, já que fica localizada na lateral, acima do botão de energia do celular. Isso evita que o usuário tampe a saída ao utilizar o smartphone.

São três as câmeras disponíveis no Galaxy J8 Plus — duas traseiras e uma frontal. Na primeira traseira, a resolução é de 16 megapixels; na segunda, de 5 megapixels. Juntos, os capturadores conseguem gerar imagens com ótima qualidade. A câmera de 5 MP, aliás, permite uma maior profundidade e amplitude das imagens. Ela também permite o uso do efeito de desfoque. Este recurso desfoca o fundo da foto e destaca o objeto em primeiro plano. Para facilitar a captura de boas imagens, a parte de trás do dispositivo também possui um flash LED. Já a câmera frontal do dispositivo possui 16 MP, gerando fotos com resolução de 4619×3464 pixels. Todos os capturadores conseguem produzir vídeos em alta definição (Full HD), com uma resolução de 1920×1080 pixels. Mesmo com tanta qualidade em megapixels, é preciso dizer que as câmeras do Galaxy J8 Plus passam longe da perfeição. Primeiro, porque as cores das fotografias são pouco saturadas, quase “aguadas”. Além disso, o dispositivo não se sai bem em ambientes com pouca luz, em nenhuma das câmeras. Nessas situações, as imagens costumam apresentar alguns ruídos. Os ruídos não “estragam” a foto, mas podem incomodar.

Mesmo com seus pequenos “problemas”, o Galaxy J8 Plus agrada aos consumidores que já possuem o dispositivo. Para melhorar a segurança do modelo, por exemplo, a Samsung programou o desbloqueio do aparelho por meio da digital do usuário. O leito de digital fica posicionado logo após as câmeras, na parte de trás. Ao mesmo tempo, o aparelho tem bom desempenho. Inclusive para games, que engasgam em muitos outros dispositivos. Jogos mais pesados, porém, têm leve perda gráfica no aparelho. A perda não prejudica intensamente a experiência do usuário, mas pode incomodar aos mais interessados neste uso do dispositivo. O Galaxy J8 Plus possui o processador Snapdragon 450 Qualcomm SDM450, 1.8 GHz 8 Core, Android 8.0 Oreo e 4 GB de memória RAM. Sua memória interna é alta, de 64 GB de armazenamento, e ainda pode ser expandida por meio de um micro SD. A capacidade da bateria do Samsung também é interessante e dentro do padrão dos intermediários, com 3.500 mAh.

Galaxy J8 Plus- Preço

Na hora de comprar um Galaxy J8 Plus, o consumidor pode encontrá-lo por preços que rondam os R$2 mil. O custo fica dentro da média de outros aparelhos intermediários, e atrai. Porém, é importante considerar o seu uso do smartphone. Para gamers e para quem gosta de alto-falantes potentes, o dispositivo pode não ser o ideal. Quem procura bom desempenho e câmeras com alta resolução, porém, encontram no J8 uma ótima opção.