Teflon ou cerâmica? Qual a melhor panela?

Está pensando em comprar panelas novas, mas não sabe qual modelo escolher? Então acompanhe este artigo e conheça melhor a diferença entre a panela de teflon e a de cerâmica.

Se você anda preocupado com a qualidade dos alimentos que são consumidos na sua casa, já deve saber que o tipo de panela influencia diretamente na qualidade das refeições preparadas por ela. Nem todo mundo sabe dessa informação, mas alguns tipos de panelas podem ser tóxicas. Como as de alumínio, por exemplo, que liberam pequenas quantidades de sua principal substância nos alimentos que, ao longo do tempo pode auxiliar no surgimento de uma série de doenças.

Apesar das panelas de alumínio serem as mais comuns no Brasil, visto que são as mais em conta e mais fáceis de achar, existem outros dois modelos de panelas que também são muito comentadas, mas que quase ninguém conhece muito bem, ou mesmo sabe a diferença. Estamos falando da panela de teflon e cerâmica. Neste artigo explicaremos melhor sobre esses dois tipos de modelos. Assim, será bem mais fácil para você poder escolher entre uma panela de teflon ou cerâmica na hora de equipar sua cozinha.

salsicha

Quais são os tipos mais comuns de panelas Brasil?

Existem muitos tipos de panela no país além das panelas de teflon ou cerâmica. Por isso, antes de aprofundar mais no tema principal deste artigo, é interessante que você conheça melhor os outros tipos existentes e quais são seus benefícios e malefícios. Como mencionado anteriormente, as panelas de alumínio são as mais comuns e amplamente utilizadas em todo o país, devido seu baixo custo de aquisição e grande oferta. No entanto, é possível afirmar que, entre todos os modelos de panelas existentes no mercado, as de alumínio são as mais perigosas. Durante o cozimento dos alimentos essas panelas liberam pequenas partículas de alumínio nos alimentos que, ao serem ingeridas podem ajudar no desenvolvimento de uma série de doenças. Desde problemas crônicos como alergias e questões psicológicas como o desenvolvimento de alguns tipos de câncer. E fique alerta, pois, se o fundo interno dessas panelas estiver arranhado, a liberação de alumínio será ainda maior.

Além das panelas de alumínio, existem as panelas de inox que também liberam algumas substâncias nocivas à saúde, mas em concentração muito menor, por essa razão sempre são mais recomendadas, apesar de não serem as melhores. Outros modelos de panelas comuns em algumas regiões do país são as de barro, pedra e ferro. Assim como as demais elas liberam substâncias nos alimentos durante o preparo, mas neste caso, as substâncias liberadas não são maléficas a saúde humana. No entanto, além delas serem bem mais pesadas que o normal, que elas exigem muito mais cuidado na utilização, higienização e armazenamento. Como, por exemplo, as panelas de ferro que devem ser lavadas com água quente, secadas no fogo e cobertas com uma película de óleo antes de serem guardadas, para que não enferrujem.

Já a panela de pedra sabão, muito comum em determinadas regiões de Minas Gerais, apesar de liberar minerais importantes para a saúde humana durante o cozimento, também pode liberar níquel que é prejudicial a saúde. Vale a pena ainda falarmos sobre as panelas de vidro, que apesar de não serem mais tão fáceis de serem achadas atualmente, são excelentes tanto para o preparo dos alimentos, uma vez que não liberam nenhum tipo de substância, como para higienização.

Agora que você conhece mais sobre os tipos mais comuns de panelas no país, vamos ao assunto principal, panelas de teflon e cerâmica. Geralmente esses dois tipos de panela são procurados por um único motivo, pelo fato de não deixar que os alimentos grudem. Sim, esses dois modelos são os mais antiaderentes disponíveis no mercado nacional atualmente. No entanto, este não pode ser o único fator a ser considerado na hora da compra das panelas para a sua casa. Existem mais alguns detalhes que também precisam ser considerados na hora de escolher entre uma panela de teflon ou cerâmica, e é sobre isso que falaremos a seguir.

Panela de teflon é boa?

Teflon é o nome comercial para um polímero conhecido como PTFE – Politetrafluoretileno, utilizado para revestir as panelas promovendo uma camada completamente antiaderente, capaz de repelir nódoas, gorduras, água e mais. As panelas de teflon apesar de contarem com uma camada altamente antiaderente, precisa receber alguns cuidados especiais. O primeiro deles é relacionado aos utensílios utilizados durante o cozimento dos alimentos e higienização da panela. É fundamental que esta película de teflon não seja danificada, pois, uma vez arranhada, ela começa a se soltar do fundo da panela e aderir aos alimentos, trazendo uma série de problemas.

O segundo cuidado é relacionado ao uso, geralmente as panelas de teflon não podem ser submetidas a uma caloria igual ou maior que 260ºC. Caso elas atinjam tais temperaturas podem começar a emitir gases e substâncias tóxicas como o PFC – um composto químico perfluorado encontrado na composição do teflon. Além disso, esse modelo de panela pode liberar substâncias como:

  • PFOS – ácido perfluoro-octanossulfônico;
  • PFIB – Perfluoroisobuteno;
  • COF2 – Fluoreto de carbonila;
  • AMF ou MFA – Monofluoroacetate;
  • HF – ácido fluorídrico;
  • TFE – tetrafluoretileno;
  • PFOA – ácido perfluoro-octanoico.

Se for optar por teflon, procure utilizar produtos de qualidade como é o caso da Flavorstone da Polishop que ao menos é livre de PFOA.

Panela de cerâmica é boa?

As panelas de cerâmica, por sua vez, além de serem antiaderentes assim como as de teflon, não liberam nenhuma substância toxica, assim como as panelas de vidro. Além disso, elas podem ser facilmente higienizadas, aguentam altíssimas temperaturas, podendo serem levadas inclusive ao forno. A única recomendação constante sobre as panelas de cerâmica, é o cuidado com o manuseio, pois, se elas caírem no chão, vão quebrar. Além disso, é importante estar bem atento na hora da compra, já que essas panelas podem ser encontradas em duas versões, as inteiras de cerâmicas e as panelas de alumínio com revestimento em cerâmica.

No entanto, nem todo mundo fala sobre isso, mas é importante também estar atento em relação ao acabamento das panelas de cerâmica. A maioria delas recebe uma pintura interna que em alguns casos, pode ser feita com tintas cuja composição conta com chumbo ou cádmio. Essas substâncias são extremamente tóxicas para nosso organismo, por isso, esteja atento às informações sobre a panela de cerâmica, verifique se a tinta usada em seu acabamento é atóxica.

panelas ceraflame

Qual é a melhor a panela?

Depois de ler tudo isso sobre os vários tipos de panelas e em especial sobre as panelas de teflon e cerâmica, pode ser que você esteja se perguntando, mas afinal qual é a melhor escolha a panela de teflon ou cerâmica? A resposta sem dúvidas é a panela de vidro e a panela de cerâmica, de preferência a inteiriça, uma vez que se pintada com uma tinta atóxica ela não trará malefício nenhum a sua saúde. Além disso, ela possui uma manutenção muito mais simples, resiste a temperaturas altíssimas e ainda pode ser levada a geladeira, micro-ondas e ao forno. Infelizmente, o investimento necessário para se ter uma panela de cerâmica em casa é bem maior do que o geral, por isso, muitas pessoas acabam desistindo. Se os seus recursos financeiros não foram muito altos, é válido investir em uma panela de teflon, apenas tenha cuidado no uso dela e se o teflon for danificado, você deve descartar a panela.

Posição Nome da Panela Detalhes
1 Panela de Vidro Não solta substâncias durante o cozimento pelo fato do vidro resistir a altas temperaturas
2 Panela de Cerâmica Desde que não seja fabricada com acabamento de tintas que levam chumbo ou cádmio na composição
3 Panela de Ferro O problema das panelas de ferro é que podem enferrujar e o ferro em excesso pode ser prejudicial
4 Panela de Barro É uma panela difícil de ser encontrada e que pode eliminar produtos tóxicos durante o cozimento
5 Panela de pedra sabão Requer um trabalho especial antes de ser utilizada e pode eliminar metais tóxicos
6 Panela de Teflon Quando o teflon risca ele se solta nos alimentos e seu consumo prejudica o organismo
7 Panela de Alumínio É a pior delas. O alumínio é eliminado durante o cozimento e é extremamente prejudicial ao organismo